A Possível Miragem Que Ajudou A Afundar o Titanic

Já tem sido aceito dentro da comunidade de historiadores do Titanic que uma miragem foi uma das causas da demora dos vigias em visualizar o iceberg. Mas como essa miragem é causada?

O fenômeno ótico conhecido como Fata Morgana pode fazer com que uma falsa parede de água apareça sobre o horizonte molhado. Quando as condições são favoráveis, a luz refletida pela água fria pode ser desviada por uma camada incomum de ar quente acima, chegando até o observador, vinda de muitos ângulos diferentes.

De acordo com estudos de pesquisadores da Universidade de San Diego, uma Fata Morgana pode ter obscurecido os icebergs da visão da tripulação que estava a bordo do Titanic. Dessa forma, a certa distância, o horizonte verdadeiro fica encoberto por uma névoa escurecida, que se parece muito com águas calmas no escuro.

Esse fenômeno acontece frequentemente na área onde o Titanic naufragou e pode tirar muitas dúvidas. Uma Fata Morgana pode fazer com que uma falsa parede de água apareça sobre o horizonte. Quando as condições são favoráveis, a luz refletida pela água fria pode ser desviada por uma camada incomum de ar quente acima, chegando até o observador, vinda de muitos ângulos diferentes.

Na noite de 14 de abril de 1912, todas as condições naturais estavam favoráveis para que uma miragem desse tipo acontecesse, e também para dificultar a visão dos vigias. Quatro horas antes de colidir com o iceberg, o Titanic havia deixado a Corrente do Golfo que é quente para entrar na Corrente do Labrador, que é fria. Não havia lua no céu, apenas as estrelas e a luz que iluminava o Convés dos botes do navios, que aliás, era muito fraca.

Além disso, em 4 de Janeiro de 1912, 4 meses antes do naufrágio, foi registrada a maior Superlua dos últimos tempos, quando a Lua atingiu a impressionante aproximação de 356.375 km em relação à Terra, o que pode ter afetado também às condições marítimas daquela noite (a distância padrão entre a Lua e a Terra é de 384.400 km).

Segundo vários testemunhos, o mar encontrado pelo Titanic na noite do naufrágio estava bem calmo, parecendo um vidro polido, sem nenhuma onda batendo sobre a base dos icebergs. Devido a todos estes eventos acontecendo em períodos muito próximos, é possível que o uso dos binóculos não seria algo que ajudaria o navio naquele momento. Mesmo porque, os vigias do Titanic eram treinados para enxergar objetos à frente do navio a olho nu e vale lembrar também que binóculos são feitos principalmente para localizar objetos que já foram vistos.

A baixa luminosidade somada com a miragem bloqueia a visão do iceberg, literalmente apagando o bloco de gelo no campo de visão dos vigias, logo, o uso de binóculos certamente não adiantaria muito.

Giulianna Loffredo

Giulianna Loffredo

Escrito por

Giulianna Loffredo

Giulianna Loffredo

Compartilhe !

Compartilhe este conteúdo com os seus amigos e outros fans do nosso amado Titanic.

Mais Categorias

Shopping Basket

USE SEU E-MAIL E SENHA PARA ENTRAR NO TITANIC CLUB.

APROVEITE O CUPOM PARA MEMBRO DO TITANIC CLUB

10% OFF
CUPOM EXCLUSIVO
Aproveite este cupom exclusivo para usar na loja Titanic Store.
2023-01-01 12:00
MEMBROS-2023
COPIAR CÓDIGO