A influência da famosa arte do Titanic de Ken Marschall

Ken Marschall é um pintor e ilustrador estadunidense, conhecido por suas pinturas de navios transatlânticos famosos, como RMS Titanic, RMS Lusitania e HMHS Britannic. Suas pinturas foram usadas em muitos livros sobre Titanic, mais notavelmente em suas representações do naufrágio, das quais não foram tiradas fotografias que pudessem ser usadas.

Marschall serviu também como consultor em muitos filmes e documentários sobre Titanic incluindo Titanicde James Cameron Ghosts of the Abyss (na qual ele também apareceu como J. Bruce Ismay), Death of a Dream, The Legend Lives On, da A&E Networks e o jogo Titanic: Honor and Glory.

Ken Marschall nasceu em 28 de outubro de 1950 em Whittier, na Califórnia. Muito jovem, mostrou uma forte paixão pelo desenho e pela pintura. Com o divórcio dos pais, aos sete anos, o menino também começou a se interessar por naufrágios e outros desastres.

Em 1967, ele pintou seu primeiro trabalho real, representando o Titanic cortando as ondas. Embora rejeitado pelo júri do concurso a que Marschall o apresenta, a pretexto de ser demasiado realista, este quadro também lhe permite receber a sua primeira encomenda. Essa paixão pelo transatlântico vem com o filme Titanic, de 1953.

A partir de meados da década de 1960, ocupou-se construindo uma maquete do navio e, precisando de detalhes, entrou em contato com o historiador Walter Lord, autor do best-seller o livro “Uma Noite Fatídica” publicado em 1955. Os dois posteriormente mantiveram uma correspondência importante. Isso também permite que Marschall se junte Titanic Historical Society e faça conexões entre entusiastas.

Nos anos que se seguiram, Marschall recebeu pedidos de entusiastas de navios, em particular do Titanic. Além disso, Marschall conheceu várias personalidades ligadas ao Titanic, em particular sobreviventes da tragédia, e criou uma grande coleção relacionada ao navio.

Em 1985, o naufrágio do Titanic foi descoberto. No ano seguinte, uma pintura de Marschall saiu na primeira página da Time Magazine. Em 1996, participou com o historiador Don Lynch na redação do livro “Titanic”, a Grande História Ilustrada. Ele também participa da criação dos cenários do filme Titanic, assessorando a equipe de decoradores, e algumas das vistas do filme são diretamente inspiradas em suas pinturas, como a escala do transatlântico em Cherbourg.

Muitos de nossos entusiastas, como Nathan Oliver que participou do episódio 002 do nosso podcast e é um artista de mão cheia, busca sua própria inspiração nas obras de Ken Marschall. O ilustrador americano com certeza tem sua marca registrada na história do navio sendo uma das principais referências quando falamos de arte e Titanic.

Giu Loffredo

Giu Loffredo

Escrito por

Giu Loffredo

Giu Loffredo

Compartilhe !

Compartilhe este conteúdo com os seus amigos e outros fans do nosso amado Titanic.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Mais Categorias

Descubra mais !

Outros Conteúdos