Conheça a Tecnologia Que Encontrou o SS Mesaba

Os pesquisadores da Universidade de Bangor encontraram 273 embarcações naufragadas no Mar da Irlanda com a ajuda do sonar multifeixe a bordo do navio de pesquisa Prince Madog. Depois de escanear 19 quilômetros quadrados do mar, eles cruzaram essas informações com dados do Escritório Hidrográfico do Reino Unido.

O sonar de última geração a bordo do Prince Madog mapeia o fundo do mar em detalhes. Segundo os pesquisadores, as imagens produzidas por ele são tão úteis para a arqueologia marinha quanto uma fotografia aérea é útil para se estudar uma paisagem. Ele é considerado (com o perdão do trocadilho) um divisor de águas para as pesquisas no oceano.

(O curioso é que foi justamente o naufrágio do Titanic que motivou o uso dos sonares sob a água. A primeira patente de um dispositivo do tipo, que usa a emissão e a reflexão de onda sonoras para detectar objetos, foi registrada pelo britânico Lewis Fry Richardson um mês após o acidente, em 1912.)

“Anteriormente, podíamos mergulhar em alguns locais por ano para identificar visualmente os destroços”, explica McCartney em comunicado. “Mas as capacidades únicas de sonar do Prince Madog nos permitiram desenvolver um meio de custo relativamente baixo para examinar os destroços.”

Segundo os cientistas, o sonar possibilita pesquisas científicas de alta qualidade de maneira econômica, e a identificação de naufrágios é só um exemplo desse potencial. “[Essa tecnologia] é de grande interesse para cientistas marinhos, agências ambientais, hidrógrafos, gestores de patrimônio, arqueólogos marítimos e historiadores”, afirma a pesquisadora.

Estudos como este, que identificou o SS Mesaba, não têm só interesse histórico. “Também examinamos locais de naufrágio para entender melhor como objetos no fundo do mar interagem com processos físicos e biológicos”, explicou Michael Roberts, também pesquisador da Universidade de Bangor. “Isso, por sua vez, pode ajudar os cientistas a apoiar o desenvolvimento e o crescimento do setor de energia marinha.”

Referência: https://super.abril.com.br/historia/pesquisadores-encontram-navio-que-tentou-salvar-o-titanic-e-naufragou-anos-depois/

Giulianna Loffredo

Giulianna Loffredo

Escrito por

Giulianna Loffredo

Giulianna Loffredo

Compartilhe !

Compartilhe este conteúdo com os seus amigos e outros fans do nosso amado Titanic.

Mais Categorias

Shopping Basket

USE SEU E-MAIL E SENHA PARA ENTRAR NO TITANIC CLUB.

APROVEITE O CUPOM PARA MEMBRO DO TITANIC CLUB

10% OFF
CUPOM EXCLUSIVO
Aproveite este cupom exclusivo para usar na loja Titanic Store.
2023-01-01 12:00
MEMBROS-2023
COPIAR CÓDIGO