O Menino Da Foto, Conheça A História De Ned Parfett

Após o naufrágio do Titanic, os escritórios da White Star Line na Cockspur Street se tornaram o centro das atenções em Londres para as pessoas que buscavam notícias dos desastres. Uma das fotos mais icônicas tiradas após a tragédia mostra um jovem jornaleiro com um maço de jornais e um pôster do Evening News anunciando Titanic Disaster Great Loss of Life ( Desastre do Titanic Grande perda de vidas ) e uma pequena multidão parada na calçada do lado de fora da Oceanic House com curiosos perplexos.

O jornaleiro era Edward John ( Ned ) Parfett e no ano da tragédia, ele tinha 16 anos. O jovem começou a trabalhar na construção de um prédio na área de Londres, mas depois de se ferir, ele passou a trabalhar como jornaleiro. Enquanto realizava essa tarefa, ele foi brilhantemente ilustrado nas ruas do centro de Londres exibindo o pôster que noticiava o naufrágio do RMS Titanic, ocorrido no dia anterior ficando eternizado como ( o menino da foto ).

Seis anos e meio depois que esta foto comovente foi tirada, Ned foi morto durante um bombardeio alemão enquanto servia ao exército britânico na França. Ele tinha apenas 22 anos. De acordo com seu sobrinho-neto Dominic Walsh, o jovem Ned alistou-se na Artilharia Real em 1916, servindo primeiro como mensageiro antes de ser transferido para tarefas de reconhecimento. Tamanha foi sua contribuição que recebeu a Medalha Militar por sua conduta durante uma série de missões na frente de batalha. Após sua morte, o oficial que recomendou Ned para um reconhecimento especial escreveu a um de seus irmãos.

Em muitas ocasiões, ele me acompanhou durante os bombardeios severos e eu sempre coloquei a maior confiança nele.

Ned Parfett foi enterrado no cemitério de guerra britânico em Verchain-Maugré, na França.

Quanto ao destino do prédio, após a fusão da Cunard Line e da White Star Line em 1934, a empresa recém-formada consolidou seu espaço de escritórios em Londres e se desfez da Oceanic House. Posteriormente, o edifício passou por uma série de utilizações diferentes. Em abril de 1936, a Oceanic House tornou-se o lar de uma filial do Barclays Bank durante a Segunda Guerra Mundial e depois da década de 1960. Na década de 1970, os andares superiores abrigavam a Embaixada da África do Sul e, mais tarde, um restaurante americano, o Texas Embassy, mas que fechou em 2012.

Em 2015 começaram as obras de conversão dos andares superiores em seis apartamentos de luxo e uma cobertura duplex. O acabamento dos apartamentos foi pensado para relembrar ( o espírito de luxo abundante que era sinônimo dos transatlânticos das antigas companhias marítimas ). A reforma foi concluída em 2017; o menor apartamento foi colocado no mercado por £ 4,35 milhões e a cobertura por £ 19,5 milhões.

Giu Loffredo

Giu Loffredo

Escrito por

Giu Loffredo

Giu Loffredo

Compartilhe !

Compartilhe este conteúdo com os seus amigos e outros fans do nosso amado Titanic.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Mais Categorias

Descubra mais !

Outros Conteúdos